Hipoglicemia na Gravidez: Como é o Tratamento

Hipoglicemia na Gravidez: Como é o Tratamento
Ellen Cristie
Ellen Cristie7, Fevereiro - 2021

Embora não seja uma doença e sim um sintoma, a hipoglicemia é uma condição de queda abrupta nos níveis de glicose no sangue. No caso das gestantes, principalmente, podem ser registrados tontura, tremor e crise de ansiedade.

No caso das gestantes que já têm diagnóstico de diabetes gestacional, a hipoglicemia ocorre quando há um excesso de insulina injetada ou a ingestão indevida ou exagerada de medicamentos que estimulam a liberação de insulina pelo próprio pâncreas da pessoa.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico é feito a partir de três condições. São elas:

  • Glicemia abaixo de 55mg/dL.
  • Sintomas como: tremores, tontura, ansiedade, fome, sudorese, irritabilidade, nervosismo, fraqueza, confusão mental, convulsões e desmaios.
  • Que sintomas desapareçam após a resolução do problema.

Fatores de risco para hipoglicemia na gestação

Diabetes

Muitas mulheres desenvolvem a diabetes gestacional em decorrência das mudanças hormonais que ocorrem no corpo para que ela receba um bebê. É comum que ela desenvolva um quadro de hiperglicemia, isto é, elevados níveis de açúcar. Em menor número, ela pode desenvolver hipoglicemia.

Alimentação de má qualidade

Com a chegada do bebê, o corpo da mulher aumenta as demandas energéticas e nutricionais para suprir as próprias necessidades e para estimular o desenvolvimento do feto. Caso ela não tenha uma alimentação saudável, pode apresentar hipoglicemia ou até mesmo anemia. Por isso, o médico pode prescrever uma série de vitaminas para a gestante e a mudança radical da alimentação.

Principais sintomas

A hipoglicemia na gravidez pode gerar uma série de sintomas. Entre os principais estão:

  • Tonturas e desmaios
  • Falta de energia para atividades do dia a dia
  • Lentidão de movimentos
  • Dificuldade de pensar antes de agir ou de ter raciocínio rápido
  • Dificuldade de efetuar tarefas simples do dia a dia
  • Fome
  • Fraqueza
  • Sonolência
  • Tremores
  • Dor de cabeça
  • Confusão mental
  • Palpitações cardíacas
  • Náuseas
  • Irritabilidade
  • Formigamento ou dormência na boca ou na língua

Se você está sentindo sintomas de hipoglicemia na gestação, não deixe de falar com o seu obstetra. Ele poderá fazer todos os exames necessários para verificar os níveis de açúcar do seu sangue, e assim indicar o tratamento mais adequado.

Por que a hipoglicemia na gravidez é um quadro sério?

A falta de açúcar no sangue (hipoglicemia) é tão prejudicial quando níveis elevados dessa substância. É que a glicose é o principal combustível do organismo, é o que nos dá energia. Além disso, a insulina facilita a entrada da glicose dentro das células, por isso os sintomas podem afetar diversos órgãos.

Sendo assim, a falta dela afeta várias funções, incluindo o desenvolvimento do feto, que acaba sofrendo uma série de problemas, como: dificuldade de desenvolvimento cognitivo durante a infância, lesões cerebrais irreversíveis, coma e até a morte. A mãe também pode apresentar um quadro de fraqueza para desempenhar atividades cotidianas e até óbito.