O que pode causar cólica no bebê?

Como são muito frequentes, as dores são uma preocupação grande dos pais quando o bebê nasce

Mãe segurando o bebê com cólica
Ellen Cristie
Ellen Cristie14, Julho - 20214.9 minutos de leitura

Quem já não ouviu falar que as cólicas do bebê são um dos maiores temores dos futuros pais? Como é um sintoma muito frequente entre a maioria dos recém-nascidos e até os três ou quatro primeiros meses de idade, as dores são uma preocupação grande dos pais quando o bebê nasce.

Embora os especialistas não sejam unânimes quanto às causas das cólicas dos recém-nascidos, sabe-se que determinados alimentos podem provocar cólicas ou, pelo menos, contribuir para que elas ocorram. 

Listamos abaixo alguns desses alimentos que geralmente não são bem aceitos pelo sistema digestório do bebê, ainda imaturo. Vamos a eles:

Leite de vaca

Como o leite de vaca contém uma proteína diferente do leite materno, é possível que ele provoque uma reação adversa no organismo do bebê, a exemplo da formação de gases e do aumento de movimentos peristálticos (no sistema digestório), o que provavelmente provocam as tão “faladas” cólicas.

Vale lembrar a importância do leite materno nessa fase da vida do bebê, que deve ser amamentado exclusivamente com o leite da mãe nos seis primeiros meses de vida. Em casos específicos, o leite de fórmula deve ser consumido pelo bebê, sempre sob orientação médica. 

Carne vermelha

As carnes vermelhas muitas vezes são responsáveis por provocar fermentação no intestino, talvez por apresentarem um processo de digestão mais prolongado. Portanto, é importante que os pais verifiquem qual alimento faz bem ou não para a digestão do bebê.

Além disso, a mãe precisa ter consciência de que tudo o que é consumido por ela interfere na qualidade do leite materno. Por isso é fundamental prestar atenção ao que se come, pelo menos durante essa fase. 

Chocolate

Grande parte dos chocolates, senão todos têm em sua composição proteínas do leite, que podem contribuir para as cólicas no bebê. 

Outra substância que também pode interferir no pleno desenvolvimento do sistema digestório do bebê é a cafeína, que, embora presente em pequenas quantidades nos grãos de cacau, também pode ser responsável pelo desconforto.

Enfim, é fechar a boca mesmo e tentar evitar o consumo dessa delícia.

Vegetais crucíferos

Os vegetais crucíferos, ou seja, grupos de vegetais ricos em enxofre, são recomendados para quem pretende ter uma alimentação saudável. 

No entanto, a exemplo da couve, brócolis, repolho, nabo, entre outros, esses alimentos podem transmitir o enxofre para o leite materno. 

O enxofre provoca o aumento de gases tanto na mãe quanto no bebê, ao amamentar, o que favorece as cólicas.