O que comer para reduzir o inchaço das pernas durante a gravidez

A retenção de líquido surge, geralmente, a partir do quinto mês de gestação, porém, depois do parto as pernas podem continuar inchadas

Um prato de comida com um filé de salmão e salada.
Ellen Cristie
Ellen Cristie29, Março - 2021

As alterações hormonais típicas da gravidez acabam provocando uma série de mudanças no corpo da mulher. Por conta disso, é importante acompanhar toda a alimentação durante a gravidez, afinal, é comum que a gestante retenha líquidos, justamente pela maior produção de hormônios, o que gera uma lentidão do sistema linfático.

Com isso, o corpo tem mais dificuldade de drenar esse líquido retido e acaba o acumulando no organismo. Resultado: inchaço dos pés e das pernas. 

A retenção de líquido surge, geralmente, a partir do quinto mês de gestação, porém, depois do parto as pernas podem continuar inchadas. Com o crescimento do bebê, o fluxo venoso dos membros inferiores diminui, afetando a circulação sanguínea. Esse sangue dos pés e das pernas começa a ter dificuldades de retornar ao coração por causa da compressão do útero sobre os vasos da região pélvica, o que provoca o inchaço. 

Mudanças no cardápio

A alimentação da gestante também precisa ser revista se os pés e as pernas estiverem inchados. Muitas vezes, o inchaço pode estar relacionado a outras complicações, como aumento da pressão arterial, perda de proteínas pela urina, entre outros. 

Nesses casos, a mudança no cardápio da gestante é fundamental para a saúde dela e desenvolvimento do bebê.

Por isso, listamos abaixo algumas dicas alimentares para minimizar o impacto do inchaço dos pés e pernas na qualidade de vida da gestante. Vamos lá! 

Beba bastante água

Bebendo muita água, a gestante melhora sua função renal, além de facilitar a eliminação de água por meio da urina, reduzindo a retenção de líquidos. 

Consuma alimentos ricos em líquido

Alimentos aquosos ajudam a desinchar o corpo, regular a pressão alta, reduzir o apetite e aliviar a prisão de ventre, facilitando a eliminação de fezes. Na composição, eles contêm mais de 70 gramas de água. 

São eles: rabanete, melancia, morango, melão, tomate, nabo, limão, laranja, pêra, goiaba, abacaxi, couve flor, clara de ovo, pera, maçã sem casca, entre outros.

Esses alimentos podem ser usados nas refeições principais em saladas, sopas ou sucos. Entre os benefícios, a vantagem de ter poucas calorias, sendo ótimas opções para quem quer emagrecer, além de desintoxicar o organismo. 

Coma peixes e frutos do mar

Alimentos ricos em água e sais minerais, como os peixes e frutos do mar, ajudam a evitar as câimbras e a combater o cansaço físico ou mental. 

  • São sais minerais: magnésio, sódio, cloro, potássio, fósforo, cálcio, ferro e iodo.