6 formas de acabar com a birra de um bebê

Veja como desenvolver uma relação de respeito mútuo e afeto com seu filho

Um bebê deitado na grama chorando, fazendo birra
Ellen Cristie
Ellen Cristie19, Abril - 20215.6 minutos de leitura

A birra de um bebê pega as mães de surpresa algumas vezes, mas depois que você entende os mecanismos da manha ou até do chilique, fica bem mais fácil lidar com esses momentos.

E quem nunca passou por aquela situação de não saber como lidar durante alguns segundos, às vezes minutos? Não é raro que nos deixemos levar por esses pequenos, como se eles soubessem exatamente onde nos envolver e paralisar. 

Aí nos sentimos negligentes, totalmente equivocados na função de pais e passamos a nos considerar um fiasco. 

Mas quais são as formas de acabar com a birra do bebê? 

Abaixo, apresentamos algumas dicas que podem ajudar você a lidar com a birra dos filhos e a desenvolver uma relação de respeito mútuo e afeto. Vamos a elas:

Esqueça os outros e pense em seu filho

Você já viu uma cena em que os pais se sentem impotentes em tomar alguma atitude diante de uma birra de um filho feita em público? É aí que está o erro. 

Os pais não podem se eximir da responsabilidade de ensinar ao filho de que ele não pode ter esse tipo de comportamento, independentemente de onde vocês estiverem. 

O mais correto é que vocês esqueçam de possíveis olhares e julgamentos momentâneos e eduquem o filho no momento da birra. Não deixem para depois.

Ouça amigos que são pais 

Trocar experiências é uma forma de ampliar os horizontes. É que, às vezes, os pais ficam insistindo na mesma tecla e acabam não percebendo outras soluções para minimizar as crises de choro dos filhos.

Mesmo que você não vá adotar nenhuma outra forma de condução das birras, conselhos e opiniões contribuem para que você tenha um novo olhar sobre seu filho. 

Resolva a questão sem bater em seu filho

Após a birra, não adianta xingar ou bater em seu filho. Nessas horas, é melhor “contar até dez”, respirar fundo e enfrentar o problema com tranquilidade.  

Uma boa conversa ainda é a melhor forma de lidar com birras, buscando resultados mais duradouros e eficazes. Outra vantagem do diálogo é estreitar o vínculo entre pais e filhos.

Ensine a criança a ser resiliente

Muitas vezes, a birra decorre de uma frustração. É que a criança não consegue lidar com frustrações, o que é totalmente normal. E a forma encontrada para mostrar seu descontentamento é a birra. 

Os pais precisam ensinar ao filho que as derrotas podem se transformar em aprendizado e que ele pode sair mais forte de cada situação.